sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Reflexos.



A toda a minha volta vejo reflexos dos que passam, dos que ficam. por momentos vejo em forma de desfoque um olhar que me prende. Estou a olhar para um lago e o reflexo que me fala tem um olhar perdido. Perdido e no entanto sonhador. Há algo de familiar naquele olhar inocente que não me larga. Tento deviar o olhar, mas quando regresso ao ponto que me focava com tamanha atenção ali estão eles, a seguir-me, aqueles olhos.

Não há nada de especial neles. São olhos como quaisquer outros. nem a cor é perceptível, apenas a mensagem é.
Falam para mim como se me dissessem, sonha, voa com a tua imaginação e sê feliz.
Se fosse assim tão fácil... deixar todas as preocupações num canto, deixar tudo o que pesa para trás e simplesmente voar.

Perdida em pensamentos acordo quando os olhos começam a chorar. De súbito, uma corrente de memórias vão nas lágrimas que estes olhos choram. De súbito, sinto-me lavada, leve.

Abre-se uma luz, um sorriso naquele olhar e tudo passa a ter cor. Os olhos são de um verde esperança. Tudo é cor, tudo é luz tudo é sonho.

É então que uma voz me pergunta: "Porque te olhas tão fixamente no lago?"
"Como? Olho-me? Mas aqueles olhos não são os meus..."
"Disparate!"

Era eu?
Seria eu?
Mas aqueles olhos... não sei.

Volto ao reflexo e Aqueles olhos despareceram. Desapareceu quem me falava, quem me chamava. Já lá não está! Mas para onde foi?
Vejo-me, agora sim.
Um olhar leve e lavado preenche-me o rosto.
Leve - para onde foi o peso? Lavado - aquelas lágrimas, de quem seriam?


Ju Buh.

PS - Desculpem-me as minhas divagações... ^^ Apenas gosto de partilhar.

4 comentários:

Sara disse...

Um belo gosto, diria.
Vou tornar-me "seguidor", mas de outra companhia.


Um beijo pesado como o passar dos dias, outrora leve.

[www.mensageira.blogs.sapo.pt]

S . disse...

e que reflexos!!

<3 :)

Sofia disse...

Há reflexos assim...que nos prendem o olhar, e, mais que isso, as memórias que teimamos em guardar num qualquer canto da nossa existência. Ainda bem que partilhas :)

Moreno Esteves disse...

Olhos cor de primavera, que até deixam palavras com aroma :)

Enviar um comentário