sexta-feira, 12 de março de 2010

Sei.


A cada olhar meu
que se perde no espaço,
há imagem
que se grava na minha mente

Polaroids soltas,
momentos,
gestos,
rostos
objectos.

Uma infinidade de sensações que me engolem num todo
que me dão vida, que me dão ar.

É então que Sei.
Não sei o quê ao certo, apenas que Sei.
Sei como souberam os que vieram antes mim e como saberão os que ainda estiverem para vir.
Sei. Da mesma maneira que Sou. Da mesma maneira que existo e sinto.

Sei. Sinto. Respiro.
Vivo tudo o que vejo. Todas as polaroids do meu olhar.
Vejo e vivo tudo o que me rodeia.
Não perco nada.
E vivo feliz por saber que Sei.

Sei o que é "isso" de que tanto falam
"isto" sobre que escrevo agora também.

Aguardam-me agora mais e mais memórias,
mais e mais momentos.
Na ânsia de as perder,
(ou de Te perder...)
partilho tudo e guardo tudo como o mais belo e perfeito do mundo
como bênção divina que cai dos céus e é criada para a partilha e para a adoração.

No fim de tudo, não sei o que digo, não sei o que vejo, não o que partilho. Apenas Sei.


___

Um Beijo,
J.Buh*

5 comentários:

Lídia Borges disse...

Vale a pena não saber assim, sabendo...

Um beijo

quicas disse...

As insondáveis vias do conhecimento!... E, conhecendo, conhecer se torna motivo mais que suficiente para abrir ao desconhecido o olhar, os olhares, os sentimentos, enfim! Ou, talvez mais profundamente enraizado, o princípio, o ponto de partida para "cada futuro, hoje"!
Beijo grande, minha querida! Estou contigo, sendo ainda que sem bem saber!

s disse...

E ao saber isto que dizes saber, sei que sinto, que choro... emociono-me, sei que vivo. (!)

É maravilhoso ser(-se) assim.

Um beijinho, ser querido que és :) <3

S* disse...

As duvidas que nos atormentam...

Valvesta disse...

Páscoa, momento de únião, de parar para refletir, de ver a vida diferente, de ver gente como a gente.
Jesus morreu e ressucitou para mostrar ao mundo o verdadiro sentido da vida.
Amou-nos numa cruz.
Feliz páscoa.
Um abraço no coração ♥

Enviar um comentário